quinta-feira, 4 de abril de 2013

Medo

Quem nunca ? Quem nunca ansiou um acontecimento inserto ? Essa dor miudinha de que todos conhecemos, mesmo sem porquês, as histórias constroem-se e constroem-se até a dor ser maior que a razão, isso é medo. Pode ser medo de coisas sem fim, medo de perder, de magoar, de amar, medos de todas as cores, tamanhos e feitios. Mas a definição permanecerá sempre, ansiedade, dor e insegurança não importa a cor, o tamanho ou mesmo o feitio. É considerado um monstro, pior que aquele grupo de criaturas aterrorizantes as quais damos o nome de humanidade. O medo é capaz de dominar qualquer alma, qualquer corpo. Capaz de mover meio mundo em função das tais inseguranças, de tal ansiedade e de tal dor. Considerada deveras aterrorizante, o medo é a dor mais silenciosa de quem vive.

Sem comentários:

Enviar um comentário